Tribunal Regional do Trabalho do ES sofre ataque cibernético

Por Leandro Caetano

Segundo o TRT-ES, não existem indícios de comprometimento da integridade dos dados dos sistemas e nem vazamento de dados processuais e pessoais.

O ataque cibernético foi identificado no dia 20 de fevereiro. Por causa disso, audiências e prazos processuais da Justiça do Trabalho seguem suspensos.

Segundo TRT-ES foram detectados, no domingo (20), registros suspeitos de "atividades maliciosas na infraestrutura tecnológica do tribunal". Ainda de acordo com o tribunal, a equipe técnica da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações (Setic) começou a atuar no incidente, identificado como um ataque cibernético.

"Foram executadas medidas de isolamento e contenção de danos potenciais, a fim de preservar a segurança e a integridade das informações", divulgou o TRT-ES.

O TRT-ES informou que as medidas adotadas até o momento se mostraram eficazes, não existindo indícios de comprometimento da integridade dos dados dos sistemas e nem vazamento de dados processuais e pessoais.

Os serviços em nuvem disponibilizados pelo TRT-ES, como correio eletrônico, comunicação e arquivos, não foram afetados e continuam acessíveis para servidores e magistrados, segundo o órgão.

Fonte: G1