Operação Conjunta garante segurança nos cartórios eleitorais do DF

Por Leandro Caetano

Às vésperas do encerramento do prazo para alistamento e regularização eleitoral, o Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TREDF) contou com o apoio de Agentes de Polícia Judicial do órgão, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do Superior Tribunal Militar (STM), do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) e de policiais militares (PMDF) para a segurança no fechamento do cadastro eleitoral.

O Chefe da Seção de Polícia Judicial do TRE-DF, Marcelo Buarque de Araújo da Silveira, explica: "É a primeira vez que realizamos um trabalho em conjunto com outros tribunais na segurança dos cartórios eleitorais, para proteger os servidores e os jurisdicionados."

De acordo com o Supervisor do Núcleo de Policiamento do TJDFT (NUPOL), André Araújo, "o TJDFT reforçou a segurança em 14 zonas eleitorais do Distrito Federal, com o envio de policiais e viaturas entre os dias 28/04 à 04/05".

Policiais militares também intensificaram o trabalho de policiamento preventivo e ostensivo em alguns cartórios eleitorais do Distrito Federal.

No último dia do prazo para tirar a primeira via do título de eleitor ou regularizá-lo foi de movimento intenso nos cartórios do TRE-DF. Com prazo final para conclusão dos processos junto à Justiça Eleitoral, longas filas foram registradas em diferentes cidades.

Segundo o TSE, somente nessa quarta-feira (4) foram registrados mais de 1,3 milhão de pedidos em todo o país, recorde para um único dia na história.

Com informações do TRE-DF